Cafh - As Vozes da Gratidão 4/6: Nossas Circunstâncias

Publicado el 15/06/2022
|

A gratidão é fundamental para o nosso desenvolvimento. Ela nos reconcilia com a vida e nos faz humildes ante o sagrado que nos supera e nos contém. Num passeio por diferentes culturas, ela toma os grãos de trigo, aparentemente isolados de nossas experiências, e os aglutina progressivamente num pão feito de humildade ante o Divino.
Quando agradecemos, olhamos para fora de nós mesmos, criamos laços e assumimos a responsabilidade de ajudar os outros. Mas, somos sempre gratos? Pelo que somos gratos? Agradecemos apenas por aquilo que gostamos, ou que nos agrada? Agradecemos ou pensamos ser apenas uma questão de sorte? Somos gratos pelo que recebemos dos outros?
Às vezes, só reconhecemos algo quando vivemos uma experiência diretamente. Por exemplo, nós realmente entendemos e agradecemos o que nossos pais e parentes fizeram por nós somente quando somos pais!
Agradecemos a tudo o que recebemos dos seres humanos que nos antecederam e construíram nossa civilização. Quando nos sentimos responsáveis por meio da gratidão, melhoramos nosso relacionamento com os outros e com nossas circunstâncias, especialmente as dolorosas. E, a partir daí, participamos e trabalhamos para o bem de toda a família humana.
A gratidão não é um dom gratuito. Ao contrário, ela é aprendida e se desenvolve. E aprendemos a sentir gratidão e a expressá-la através de nossas palavras e ações. Quando expressamos gratidão, com bondade, e nos concentramos no bem dos outros, todos nos beneficiamos!
Obrigado por estar além dos nossos limites individuais; por estar em tudo que existe. Celebremos cada momento da vida, cada momento compartilhado. Obrigado por poder colaborar do meu lugar, da minha vida, com meu grão de areia, para uma Obra que muda o mundo.
Obrigado por poder amar!