25/12/2019

Sede Estrangeiros | 1948

Cafh - um caminho de desenvolvimento espiritual

Curso: Mensagens I

Tradução e narração do texto original de Santiago Bovisio pela equipe Cafh

2ª Ens | Mensagem de 1948 | Sede Estrangeiros


 


Sede Estrangeiros - 1948

Sede almas! Vivei no mundo como se não pertencêsseis ao mundo!

Sede estrangeiros! O idioma dos homens não é vosso idioma, nem são vossos, seus gostos e aspirações; não o são também suas formas mentais.

Calai! Vossa palavra não é deste mundo. Envolvei vossa aura com o Grande Silêncio. Sede como os meteoros que ao cruzar o céu deixam sua luminosidade sem que ninguém saiba de onde vêm nem qual é seu destino.

Sede almas. Almas simples e singelas que vivem num mundo diferente do de hoje, que não é mais do que um abismo de movimento frenético e de destruição.

Que ninguém vos conheça; que vossa personalidade social desapareça e brilhe a luminosidade de vossa alma. Quando estiverdes com as almas procurai não pôr entre elas e vós mesmos, um véu onde se reflita vossa posição humana, vosso nome e vossas possibilidades mundanas. Lançai fora tudo isto. Sede almas para as almas!

Não magoeis nunca com o roçar da personalidade o precioso tesouro que os seres vos oferecem quando se entregam a vós; procurai que eles não saibam vossa posição nem vossos títulos nem vosso nome, que isso pouco importa; mas dai-lhes toda a ensinança, a ensinança que está depositada em vossa alma e que se comunica aos seres através de um simples olhar de compreensão.

Ficai mudos no mundo. Vossas palavras não sejam mais do que para as almas a vós confiadas. Sede estrangeiros entre os homens para que possais dar toda a luminosidade de vossa chama interior para aqueles que vos esperam no caminho. Envolvei-vos com o Grande Silêncio para que vos afaste do torvelinho do mundo e vos faça aptos para estender a mão e tirar do abismo vossos Filhos, aqueles que vos pertencem. Cobri-vos com vossos mantos para que ninguém vos conheça nem saiba vosso nome; não descubrais vosso rosto diante de ninguém para que assim se mantenha intacto o fulgor de vosso olhar unicamente para os olhos daqueles que estão destinados à missão do futuro.

Vosso nome é um novo nome, escrito no céu; vossa pátria é a do templo espiritual no seio da Assembléia dos Grandes Iniciados.

Cale vossa voz para que vos chegue a Mensagem, a Mensagem do Grande Dia que está para chegar e que os Sábios de Om Hes já estão entoando através da mística do Ired.

Ficai mudos! Sede estrangeiros! Envolvei-vos no Grande Silêncio! Permanecei com o rosto coberto pelo branco véu, ó alma de almas!

© 2009 Cafh

Todos os Direitos Reservados